Skip to main content

Adicionar um fluxo e fonte de dados (Common Data Service)

Próximo tópico

Compartilhar seus aplicativos

Continuar

Assistir novamente

Até o momento nesta seção, geramos um aplicativo baseado na entidade Ocorrência do Common Data Service, exploramos o aplicativo para ver como ele é formado e personalizamos o aplicativo de várias maneiras. No último tópico dessa seção, introduziremos outra entidade padrão e usaremos o Microsoft Flow para enviar um email. O aplicativo disparará um fluxo para que a pessoa que abriu uma ocorrência seja notificada quando houver atualizações. Estamos concluindo um cenário específico neste tópico, mas as habilidades que você aprende podem ser aplicadas em vários tipos de aplicativos. Vamos começar com as entidades.

Examinar relacionamentos entre entidades

Adicionaremos a entidade Contato em breve, mas primeiro examinaremos como as entidades Ocorrência e Contato se relacionam entre si. Na entidade Ocorrência, você vê que um dos campos é CurrentContact, com um tipo de dados de Pesquisa. Isso significa que esse campo é usado em um relacionamento com outra tabela.

Campos da entidade Ocorrência

Na guia Relacionamentos, você verá que a entidade relacionada é Contato. Tenha isso em mente, pois usaremos esse relacionamento posteriormente neste tópico.

Relacionamentos entre entidades Ocorrência

Adicionar uma entidade ao aplicativo

Adicionar uma fonte de dados no PowerApps é simples. No painel direito, clique ou toque em Fontes de dados, depois em Adicionar fonte de dados. Nesse caso, escolha a conexão do Common Data Service e selecione a entidade Contato. Depois que você clica ou toca em Conectar, a entidade é adicionada ao aplicativo.

Adicionar entidade Contato

Observe que neste exemplo estamos adicionando dados de outra entidade, mas você pode combinar dados de várias fontes em seus aplicativos.

Pesquisar informações de contato

Agora que temos acesso aos dados da entidade Contato em nosso aplicativo, é hora de colocá-los em uso. Conforme mencionado na introdução, queremos enviar um email quando uma ocorrência é atualizada. Usaremos duas fórmulas e um fluxo para fazer isso. A primeira fórmula é para a tela de edição, especificamente a propriedade OnSelect do botão salvar.

Tela de edição do aplicativo

Por padrão, esse botão usa a fórmula SubmitForm(EditForm1) para enviar a atualização quando um usuário edita dados no formulário. Precisamos adicionar uma parte à fórmula de modo que ela primeiro procure as informações de contato da pessoa que abriu a ocorrência atual e, em seguida, armazene essas informações localmente no aplicativo:

UpdateContext({contact:LookUp(Contact, ContactId=BrowseGallery1.Selected.CurrentContact.ContactId)}); SubmitForm(EditForm1)

Sim, isso é um pouco complicado, mas James faz um ótimo trabalho explicando esta fórmula mais detalhadamente, começando em 2:04 no vídeo.

Disparar um fluxo do aplicativo

Agora que sabemos quem é o contato de cada ocorrência, podemos enviar um email para eles. Poderíamos enviar um email diretamente do aplicativo, mas para este exemplo, mostraremos como disparar um fluxo do aplicativo. Aqui está o fluxo, que é o mais simples possível: enviar um email com base em uma ação em um aplicativo. Não entraremos em mais detalhes sobre fluxos aqui, mas há uma série de aprendizado guiado inteira para o Microsoft Flow.

Fluxo para enviar email

De volta ao aplicativo, precisamos chamar o fluxo com base em um evento. Vamos usar a propriedade OnSuccess do formulário de edição, para que o fluxo seja disparado quando a edição for bem-sucedida. Clique ou toque em formulário de edição e, em seguida, na faixa de opções, clique ou toque em Ação > Fluxos. Selecione o fluxo que você deseja usar.

Fluxo para enviar email

O fluxo é agora associado ao evento OnSuccess do formulário de edição e podemos consultar o contato para obter o email. A fórmula a seguir chama o fluxo com o endereço de email da pessoa que abriu a ocorrência, bem como uma linha do assunto e o corpo do email.

CaseResolvedEmailConfirmation.Run(contact.EmailPrimary, "Your case has been updated", "Check it out")

Isso é tudo sobre como adicionar uma fonte de dados ao aplicativo e disparar um fluxo que envia um email. Se você ainda não assistiu aos vídeos nesta seção, recomendamos faze-lo. Eles tratam de muitos dos detalhes pelos quais passamos rapidamente nos tópicos.

Concluindo

Isso nos leva ao final desta seção. Esperamos que você tenha gostado e aprendido bastante. Começamos gerando um aplicativo básico de uma entidade e exploramos um pouco o aplicativo para entender como ele é formado. Passamos um bom tempo estudando como personalizar o aplicativo, então adicionamos uma fonte de dados e vimos como disparar um fluxo. Criamos um aplicativo de gerenciamento de ocorrências específicas nesta seção, mas as habilidades que você adquiriu podem ser aplicadas a muitos tipos de aplicativos. Conforme mencionado no início desta seção, se você desejar se aprofundar em um aplicativo de gerenciamento de ocorrências mais complexo, não deixe de conferir o modelo que está disponível no PowerApps Studio para Windows.

Em seguida, passaremos para o gerenciamento de aplicativos. A seção de gerenciamento mostra como compartilhar e realizar o controle de versão de aplicativos; além disso, ela apresenta os ambientes, que são contêineres para aplicativos, dados e outros recursos.