Ao usar o recurso Novas entidades de dados (Technical Preview), você poderá encontrar um erro semelhante ao seguinte:

*Unable to create or retrieve a mashup for the current database*

Isso poderá ocorrer ao usar o recurso para criar Entidades Personalizadas no CDS (Common Data Service) com base em dados de fontes de dados externas usando o Power Query. O erro é disparado quando o Power Query não pode acessar os dados da organização no PowerApps ou no CDS. Há dois cenários em que isso pode ocorrer:

  • Um administrador de locatários do AAD (Azure Active Directory) desabilitou a capacidade dos usuários de consentir que os aplicativos acessem dados da empresa em seu nome.
  • Usando um locatário do Active Directory não gerenciado. Um locatário não gerenciado é um diretório sem administrador global criado para concluir uma oferta de inscrição de autoatendimento. Para corrigir esse cenário, os usuários devem primeiro converter-se em um locatário gerenciado e, em seguida, executar uma das duas soluções para esse problema, conforme descrito na seção a seguir.

Como corrigir o problema

Há duas maneiras de corrigir o problema descrito acima:

  • Pedir ao administrador do AAD que siga as etapas necessárias para que os usuários consintam o acesso aos dados da empresa para os aplicativos
  • Pedir ao administrador do AAD que permita o acesso aos dados para o Power Query

As etapas necessárias para essas soluções são descritas a seguir.

Permitindo que os usuários consintam o acesso aos dados da empresa para os aplicativos

Você pode entrar em contato com o administrador de locatários do AAD e pedir a ele ou a ela que execute as etapas a seguir, as quais permitem que os usuários consintam o acesso aos dados da empresa para qualquer aplicativo:

  1. Visite https://portal.azure.com
  2. Abra a folha Azure Active Directory.
  3. Selecione Configurações de usuário.
  4. Selecione Sim próximo a Os usuários podem consentir que os aplicativos acessem dados da empresa em seus nomes e, em seguida, selecione Salvar.
  5. Depois de concluir esse processo, o problema será resolvido.

Essa talvez seja a abordagem mais fácil, mas ela concede permissões mais amplas em comparação à próxima opção.

Permitindo que o Power Query acesse dados da empresa

Outra solução é pedir ao administrador de locatários que dê consentimento ao Power Query sem modificar as permissões dos locatários. Para conseguir isso, peça ao administrador de locatários que siga as seguintes etapas:

  1. Instalar o Azure PowerShell
  2. Executar os seguintes comandos do PowerShell:
    • Login-AzureRmAccount (e conectar-se como administrador de locatários)
    • New-AzureRmADServicePrincipal -ApplicationId f3b07414-6bf4-46e6-b63f-56941f3f4128

A vantagem dessa abordagem (em comparação com a solução para todos os locatários) é que essa solução é bem direcionada. Ela provisiona somente a entidade de serviço do Power Query e nenhuma outra alteração de permissão é feita ao locatário.