Saiba como migrar os recursos de um ambiente para outro. Esses ambientes podem estar contidos no mesmo locatário ou em locatários diferentes.

Cenário

Um cenário comum em que você talvez queira migrar recursos é quando você tem ambientes de teste ou desenvolvimento e um ambiente de produção. Os desenvolvedores e testadores possuem amplo acesso a aplicativos em seus ambientes. Mas quando chega o momento de migrar um novo aplicativo para produção, esse ambiente possui um controle rigoroso sobre as permissões para que este seja atualizado ou alterado.

Outro cenário é quando cada cliente possui seu próprio ambiente e dados. Quando um novo cliente é adicionado, um novo ambiente será criado para eles e você deve migrar os aplicativos para o respectivo ambiente.

Quais recursos você pode migrar

Há procedimentos diferentes para a migração de cada tipo de recurso.

  1. Conexões, conectores personalizados e fluxos: não é possível migrar esses recursos; eles devem ser recriados no ambiente de destino.
  2. Gateways: gateways são compatíveis somente com ambientes padrões (e {nome do locatário} (de visualização)), portanto não há suporte para a migração.
  3. PowerApps: você salva o aplicativo localmente no ambiente de origem usando PowerApps Studio para Windows ou PowerApps Studio para Web e, em seguida, você pode abrir o aplicativo e recriá-lo no ambiente de destino.
  4. Alterações de esquema de entidade, novas entidades, novos conjuntos de permissão e novas funções do Common Data Service: isso não é suportado para GA mas será muito em breve.

Conexões, conectores personalizados e fluxos

Esses recursos não podem ser migrados. Você deve criar cada um que seja necessário no ambiente de destino.

Gateways

Gateways são compatíveis somente com ambientes padrões e {nome do locatário} (de visualização), portanto não há suporte para a migração. Você deve criar os gateways necessários no ambiente de destino.

Migrando um aplicativo

  1. Em http://web.powerapps.com, clique ou toque em Aplicativos, selecione as reticências para o aplicativo que você deseja migrar e, em seguida, escolha editar o aplicativo no PowerApps Studio para Windows ou PowerApps Studio para Web.

  2. Quando PowerApps Studio abre, clique em Salvar como na barra de navegação à esquerda, selecione Neste computadore, em seguida, clique ou toque em Salvar. Observe que o arquivo foi salvo no seu computador.

  3. Altere o ambiente para o ambiente de destino.

    Para PowerApps Studio para Web, volte para http://web.powerapps.com para alternar o seu ambiente e, em seguida, reabra PowerApps Studio para Web no navegador:

    Para PowerApps Studio para Windows, você pode alterar seu ambiente abrindo as informações da conta:

  4. Abra PowerApps Studio, que agora deverá estar no ambiente de destino. Clique ou toque em Abrir na barra de navegação à esquerda e, em seguida, clique ou toque em Procurar.

  5. Selecione o arquivo a partir de onde ele foi salvo quando estava no ambiente original e clique ou toque em Abrir.

  6. Você precisará resolver os problemas de compilação no aplicativo, ao acessar recursos que possam ter nomes diferentes, como conexões de dados e fontes. Uma maneira fácil de resolver problemas de compilação com o aplicativo é remover e adicionar novamente as fontes de dados para o aplicativo no ambiente de destino. Consulte Entender fontes de dados.

  7. Teste o aplicativo para verificar se todos os problemas de compilação foram resolvidos.

Alterações de esquema de entidade, novas entidades, novos conjuntos de permissão e novas funções do Common Data Service

Atualmente não há suporte para uma maneira de migrar entidades, conjuntos de permissões e funções de um banco de dados do Common Data Service para outro em um ambiente separado. No entanto, essa funcionalidade estará disponível muito em breve.