Explorar fórmulas da aplicação (lista do SharePoint)

Tópico seguinte

Gerar uma aplicação (Common Data Service)

Continuar

Assistir novamente

Uma das principais vantagens do PowerApps é não ter de escrever código de aplicação tradicional. Não precisa de ser programador para criar aplicações! No entanto, continua a precisar de uma forma de expressar lógica numa aplicação e de controlar a navegação, a filtragem, a ordenação e outras funcionalidades da mesma. É nesta vertente que as fórmulas se mostram úteis. Se já utilizou fórmulas do Excel, irá reconhecer semelhanças na abordagem do PowerApps. Neste tópico, vamos mostrar algumas fórmulas básicas para a formatação de texto e, em seguida, vamos explicar três das fórmulas que o PowerApps inclui na aplicação gerada. Ficará com uma ideia das capacidades que as fórmulas têm para oferecer. Depois disso, pode dedicar-se à análise de outras fórmulas disponíveis na aplicação gerada e a escrever as suas próprias fórmulas.

Noções sobre fórmulas e propriedades

No tópico anterior, incluímos o campo Price na galeria do ecrã de procura, mas este era apresentado como um número simples sem símbolo de moeda. Vamos supor que queremos adicionar um cifrão e também alterar a cor do texto em função do preço do artigo (por exemplo, vermelho se for superior a 5 $, verde se for inferior). A imagem seguinte ilustra o que se pretende.

Formatação de texto ao nível da cor e da moeda

Vamos começar pela formatação da moeda. Por predefinição, o PowerApps extrai simplesmente um valor Price para cada artigo, definido como a propriedade Text da caixa de texto que apresenta o preço.

Formatação predefinida do preço

Para adicionar o símbolo de moeda dos E.U.A., clique ou toque no controlo da caixa de texto e, na barra de fórmulas, defina a propriedade Text como esta fórmula.

Formatação da moeda do preço

A fórmula - Text(Price, "[$-en-US]$ ##.00" utiliza a função Text para especificar a forma como o número deve ser formatado. A fórmula é semelhante a uma fórmula do Excel, com a diferença que as fórmulas do PowerApps fazem referência a controlos e outros elementos da aplicação em vez de referenciarem células numa folha de cálculo. Se clicar ou tocar num controlo e, em seguida, clicar ou tocar na lista pendente de propriedades, verá uma lista de propriedades relevantes para o controlo. Por exemplo, segue-se uma lista parcial das propriedades para uma caixa de texto. Algumas propriedades são relevantes para uma vasta gama de controlos, outras para apenas um controlo específico.

Definir propriedades

Para formatar a cor condicionalmente com base no preço, utilize uma fórmula como a que se segue para a propriedade Color da caixa de texto: If(Price > 5, Color.Red, Color.Green).

Formatação da cor do preço

Fórmulas incluídas na aplicação gerada

Agora que compreende como utilizar as fórmulas em conjunto com as propriedades, vamos analisar três exemplos de fórmulas utilizadas pelo PowerApps na aplicação gerada. Os exemplos são todos extraídos do ecrã de procura e funcionam com a propriedade OnSelect, que define o que acontece quando um utilizador clica ou toca um controlo da aplicação.

  • A primeira fórmula está associada ao controlo IconNewItem1: Ícone de item Novo . Clique ou toque neste controlo para passar do ecrã de procura para o ecrã de criação/edição e criar um item.

    • A fórmula é NewForm(EditForm1);Navigate(EditScreen1, ScreenTransition.None)
    • A fórmula instancia um novo formulário de edição e, em seguida, navega para o ecrã de edição/criação para que possa criar um novo item. Um valor igual a ScreenTransition.None significa que não existe nenhuma transição entre os ecrãs (por exemplo, um efeito de desvanecimento).
  • A segunda fórmula está associada ao controlo IconSortUpDown1: Ícone de Ordenar galeria . Clique ou toque neste controlo para ordenar a lista de itens na galeria do ecrã de procura.

    • A fórmula é UpdateContext({SortDescending1: !SortDescending1})
    • A fórmula utiliza UpdateContext para atualizar uma variável denominada SortDescending1. O valor da variável muda alternadamente à medida que clica no controlo. Isto serve de indicador à galeria neste ecrã de como deve ordenar os itens (assista ao vídeo para obter mais detalhes).
  • A terceira fórmula está associada ao controlo NextArrow1: Ícone de seta Ir para detalhes . Clique ou toque neste controlo para passar do ecrã de procura para o ecrã de detalhes.

    • A fórmula é Navigate(DetailScreen1, ScreenTransition.None)
    • A fórmula navega para o ecrã de detalhes, uma vez mais sem qualquer transição.

Existem muitas outras fórmulas na aplicação, por isso, dedique algum do seu tempo a clicar nos controlos e veja as fórmulas que se encontram definidas para as diversas propriedades.

Para terminar

Com isto, chegamos ao fim da nossa incursão pela aplicação gerada e da visita aos bastidores dos ecrãs, controlos, propriedades e fórmulas que colocam estas capacidades ao serviço da aplicação. Se nos acompanhou até aqui, deverá ter ficado com uma noção mais clara do funcionamento de uma aplicação gerada. Agora, está em condições de utilizar os conhecimentos adquiridos para criar as suas próprias aplicações.

Antes de avançarmos para a secção seguinte, queremos voltar ao SharePoint e mostrar-lhe a integração da aplicação com a experiência ao nível das listas. Como pode constatar, a FlooringApp funciona agora como uma vista da lista e a aplicação é iniciada quando se clica em Abrir. Isto proporciona uma forma simples de gerir as suas listas através de uma experiência personalizada fácil de utilizar.

A aplicação como vista de lista do Sharepoint

Agora que já percorreu a secção da aplicação do SharePoint, pode escolher o que quer fazer a seguir:

A secção sobre gestão mostra-lhe como partilhar e criar versões de aplicações e apresenta ambientes, que funcionam como contentores para aplicações, dados e outros recursos. Recomendamos que, a determinada altura, todos os utilizadores passem em revista a secção sobre gestão; em todo o caso, a secção sobre o Common Data Service também contém informações muito interessantes, incluindo outras personalizações da aplicação.